Por onde terei andado?!?

Há dias em que não deviamos saír de casa e hoje foi mesmo um deles! Correu tudo muito bem até a amiga da minha mãe me ligar e perguntar “Queres cá vir jantar?” Não consegui dizer que não…

Lá fui eu tentar descobrir onde era a casa dela… elas deram-me indicações péssimas, do tipo “Quando vires uma coisa grande vira à esquerda!” Andei… andei… às tantas teve que a sobrinha da amiga da mha mãe me dizer o caminho ao telefone… lá consegui chegar, finalmente!

“Agora não tem nada que saber! Direita, direita e esquerda! Vês logo as placas para Lisboa!”, dissera-me ao saír de casa. Lá fui eu, direitinha a pensar “ao menos agora o caminho é mais certo!” Virei à direita, depois novamente à direita e depois à esquerda. Vi logo as placas a dizer “Lisboa”.

 

As placas eram claras, devia virar na 1ª à direita para seguir para Lisboa. A placa que encontrei era igual ao desenho seguinte:

 

Segui e, supostamente, interpretando a placa, teria de virar na 1ª à direita, mas afinal aquele caminho ou a placa, nem sei bem, eram um desafio à nossa inteligência, porque na realidade o caminho era o seguinte:

 

Ou seja, como era de noite, eu não conhecia a estrada, limitei-me a seguir as informações dadas pela placa, virar na próxima à direita! E onde é que eu fui parar, nem sei! Uma estrada de areia, sem ninguém, nem indicações nem nada!

 

Comecei a desesperar, só me apetecia parar ali o carro, chorar e esperar que alguém me viesse buscar! Ainda avistei um homem ao longe e pensei em parar para lhe pedir indicações, mas como uma pessoa abre o jornal todos os dias e lê “Homicídio na rua…” ou “Assalto à mão armada…” achei por bem ganhar coragem e seguir em frente…  Andei, andei e não encontrava ninguém nem a saída dali… comecei a desesperar de novo, até que reparei que, no meio da escuridão, estava um casal de miudos! Voltei p trás e lá lhes perguntei como podia voltar p a auto-estrada. Ele disse logo “Xiiii!” e eu pensei imediatamente “Tou fodida!”

O rapaz disse-me “Vira à direita, depois à esquerda, depois à direita e de novo à direita…” E vinha a rapariga por trás “Por aí não!!! É mt longe! É melhor virar à esquerda, depois à esquerda….” E eu a passar-me… o rapaz lá se deve ter apercebido que eu estava prestes a ter um AVC e disse à rapariga “Trás a bicicleta que eu vou até lá!” E levou-me até onde pode! Que simpático! Agradeci-lhe imenso e lá segui. À segunda vez lá tive mais cuidado e reparei melhor na merda de indicações que aquela estrada tem, para quem não conhece… Na placa esqueceram-se de desenhar um caminho extra antes da estrada propriamente dita para Lisboa!

Um bem haja àquele rapazinho que se deu ao trabalho de me guiar até à estrada principal!

E foi assim a minha aventura da noite! Espero que poucas iguais a esta se sigam, embora tenha um pressentimento que muitas mais serão assim… Também não é mau, visto que assim terei sempre coisas para postar aqui!😀

 

Beijinhos!

 

Guirre

One response to “Por onde terei andado?!?

  1. É o que dá saires de casa sem o TomTom!😛

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s